The Chzo Mythos: 5 Days a Stranger

16 agosto, 2008 at 12:44 pm 4 comentários

Escrevi esse artigo faz um tempinho, e pra o blog não entrar no marasmo (além do fato de que eu gosto quando as pessoas leêm o que eu escrevo) eu vou postar aqui denovo.

——————————————————–

Are you scared, yet?

Existiu uma vez, um mundo mágico de unicórnios e pênis voadores, onde dinossauros jogavam playstations, e goombas reinavam sobre a terra.
Um mundo onde a LucasArts fazia jogos de verdade, e não chupava até a última gota de leite das tetas de uma vaquinha em especial chamada: Star Wars.
Bem, foi nesse mundo mágico que surgiu vários jogos de point’n’click, ou graphic adventures, chame como quiser. Aquilo não era exclusividade da LucasArts, mas foi ela que deu impulso para o estilo florescer, um estilo que hoje em dia está praticamente morto.

Quando um meteoro atingiu a terra, esses dinossauros, pênis e unicórnios morreram todos, aí veio a humanidade.
Junto com a humanidade veio a vontade de destruir uns aos outros, e aí foi criado os First-Person Shooters e esses outros jogos de viados. Bem, nesse mundo pós-apocalíptico, eis que um programador amador vem ao resgate dos humanos que ainda sonham com aquele mundo de fantasia do começo do artigo.

Ben “Yahtzee” Crosshaw (www.fullyramblomatic.com), ou apenas Yahtzee mesmo, é um programador (ou quase), escritor, e mais algumas coisinhas, traduzindo: Pau pra toda obra, e foi esse cara que criou um dos jogos que mais me prendeu nesses últimos tempos:

5 Days a Stranger.

Wow, tela inicial impactante

5 Days a Stranger, faz parte de uma quadrilogia (Quadrilogia que alguns chamam de The Chzo Mythos, mas eu não tenho certeza se é correto ou se é só por não ter um nome pra chamar a série) composta por jogos igualmente bons (ou melhores até), os quais seriam:

5 Days a Stranger, que é o primeiro
7 Days a Skeptic, que é o segundo
Trilby’s Notes, como podem presumir, o terceiro.
e
6 Days a Sacrifice, que, surpresa, é o quarto.

Mas nesse artigo eu não vou falar sobre os outros jogos, vou tentar escrever apenas sobre o 5 Days a Stranger.

Então, em 5 Days a Stranger, você joga como um personagem sem nome, bem, ele temIsso é um trilby, não esse ladrão safado. um nome REAL, mas ninguém sabe qual é. Quando eu digo real, eu quero dizer um nome que mamãe e papai deram, porque ele, já no início do jogo ele diz que tem muitos nomes, Ladrão, Gatuno, Ladino, Dedos-Leves, ou, como você pode chamar ele se precisar de um nome: Trilby.

Pera, então ele é um ladrão?
BANG, REALITY SHOCK.
Sim, Gentleman Thief, como ele gosta de ser chamado.

Ok, devidamente apresentado, continuemos.

Bem, a história é a seguinte, Trilby recebe uma dica, de que ele pode faturar bastante em um roubo à uma mansão, a DeFoe Manor, Os últimos DeFoe morreram, e não havia nenhum herdeiro, então todo o dinheiro, jóias, quadros, etc. vão ficar lá até acharem um dono para tudo isso. Bem, Trilby acha que o dono deveria ser ele.
Ele consegue invadir a mansão, e se surpreende quando não encontra loot nenhum para ser roubado, ok, ele já imaginava isso, mas valia a tentativa de uma maneira ou de outra. Ou não.

Trilby se vê trancado dentro da mansão, a janela pela qual ele acabou de entrar não quer abrir, então ele vai ter que se aventurar dentro da casa pra conseguir achar uma saída,Oi, meu nome é Trilby. até ele descobrir que todas as saídas estão trancadas. Então ele descobre que ele não está sozinho, junto dele, há pelo menos 4 outras pessoas trancadas dentro da mansão.
É, é, aquela historinha clichê, junto de sua turminha do barulho, Trilby vai ter que achar uma saída da mansão. É, tudo é3 diversão até que alguém fure um olho. Ou morra esfaqueado.

Cara, só agora que eu percebi como é difícil falar do jogo sem spoilar partes importantes, então eu acho que vou parar por aqui mesmo, vai lá jogar o jogo e tire suas próprias conclusões.

Considerações finais: 5 Days a Stranger é um ótimo jogo, com uma história soberba, bem escrita pra caralho, com várias coisinhas espertas que vão fazer você rir alto (por exemplo, fique dando Look At em uma porta qualquer por várias vezes), e cheio de mistério e sustinhos pra fazer você se sentir uma bichinha acuada.

Lembrando que 5 Days a Stranger apenas ARRANHA a história completa da série, que fica muito mais sombria nos jogos que continuam 5 days a Stranger (Highlight no Trilby’s notes, que é um jogo muito perturbador que, se você for como eu, vai perder algumas horas de sono com ele.)
E você vai querer jogar os jogos em sequência.

5 Days a Stranger
Go play it, faggot.

Anúncios

Entry filed under: Jogos. Tags: , , , , , .

Mudo, porém Genial Grupo mexicano RBD anuncia que vai se separar

4 Comentários Add your own

  • 1. nemesishell  |  17 agosto, 2008 às 11:47 pm

    Na minha opinião, o melhor jogo já lançado pela Lucas Arts se chama Full Throttle…
    É um adventure de 1995 feito pra MS-DOS e era perfeito… a história do jogo é ótima!
    É sobre um motoqueiro chamado Ben que é lider de uma gangue de motoqueiros, o jogo acontece um pouco mais a frente no nosso tempo, onde começam a ter carros voadores, mas o cara gosta de coisas com pneus, no jogo tem uma empresa que se chama Corley Motors, que se eu não me engano faz Motos, e tem um magnata que mata o dono da empresa que é um velhinho que todos os motoqueiros adoram, e esse magnata quer transformar numa fabricante de MINI-VANS…
    cara, o jogo é mto bom!!!

    Responder
  • 2. pepelusky  |  18 agosto, 2008 às 7:12 pm

    Sim… pode ser bom…
    mas vc ouviu ele né?

    5 Days a Stranger
    Go play it, faggot.

    Responder
  • 3. Caio  |  18 agosto, 2008 às 10:32 pm

    Tenho full throttle, mas nunca zerei, to preso em uma parte, e kero zerar sem detonado, esse eh o tipo de jogo ki vc encalha e fica dias sem saber passar mas quando passa usando a propria cabeça dah uma incrivel satisfação, mas não demora 5 minutos ateh vc ficar encalhado denovo.

    Recomendo

    Responder
  • 4. Kodaz  |  19 agosto, 2008 às 5:14 pm

    5 Days a Stranger é justamente uma homenagem a esse tipo de jogo, FT é um dos melhores jogos da Ye Old Lucas Arts, jogo excelente mesmo.
    Mas de maneira alguma eu acho FT o melhor da LA, LA se resume em uma coisa: Monkey Island

    Secret of Monkey Island
    Monkey Island 2: LeChuck’s Revenge
    Curse of Monkey Island
    Escape from Monkey Island

    MELHOR Série que já existiu nos jogos, melhor que qualquer final fantasy da vida (principalmente o segundo, com aquele final extremamente cativante). Se você nunca jogou, faça-se o favor.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


agosto 2008
S T Q Q S S D
    set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Tópicos recentes

Blog Stats

  • 12,523 hits!

%d blogueiros gostam disto: